Movimentos de Locomoção - Nível 1

O ser humano se locomove desde os primórdios da humanidade, porém com o desenvolvimento da tecnologia, sistemas de transporte, etc, a locomoção foi se transformando no que vemos hoje: pessoas treinam para simplesmente caminhar! Assim como qualquer máquina: o que não usamos enferruja. Com a valorização do conforto, a automatização de casas e carros, escadas rolantes, elevadores, tudo conspira contra o movimento do corpo. Até as academias conspiram CONTRA o movimento do corpo! As maquinas e aparelhos de musculação estão cada vez mais tecnológicas e digitais, onde os acentos são mais confortáveis, e existem aquelas que até o peso é regulado de forma digital; você - literalmente - só senta e faz o movimento, que por sua vez por ser guiado por cabos e articulações faz com que o corpo perca - e muito - no ganho de coordenação, controle e ativação neuromuscular.
Somente o ato de se locomover de diversas formas é uma forma de treinamento: e das mais eficiêntes por sinal! Que não me deixem mentir os praticantes de parkour, que valorizam bastante os exercícios que utilizam "apenas" o peso do corpo como resistência contra a gravidade.

Abaixo segue alguns movimentos básicos de locomoção que podem ser utilizados no aquecimento do treino principal. Estes são movimentos que auxiliam no ganho de mobilidade, flexibilidade, coordenação, controle, resistência muscular e ritmo, e são excelentes para preparar o corpo para movimentos mais avançados e preparar o corpo para uma carga maior de treinamento...



Cada forma de deslocamento pode ser executada por uma distância de 4 a 5 metros, num total de 8 a 10 metros (ida e volta). O ideal é não interromper a transição de um exercício para o outro, porém descanse alguns segundos caso necessite e de forma gradativa vá diminuindo o intervalo até executar todos os exercícios ininterruptamente.
Segue a descrição de cada exercício e dicas de execução:

Exercício A - o Tigre
Estando em quatro apoios, prestar atenção no quadril que deve estar na mesma linha dos ombros. O joelho não deve tocar no solo. O deslocamento deve ser coordenado e integrado entre braços e pernas, tal como o andar do tigre. O movimento deve ser feito de forma ritmada e em velocidade de lenta a média. Quando voltando deve sentir um aumento na resistência exercida pelos braços.

Exercício B - o Macaco
Agachado com o quadril abaixo da linha dos joelhos, posicionar as mãos na frente dos pés. As mãos devem - o tempo todo - tocar totalmente o solo. Movimentar primeiro os braços lateralmente, posicionando-os no solo firmemente e deslocando parte do peso do corpo para as mãos, assim saltar lateralmente além dos braços, dando sequência ao movimento com o mínimo de impácto e com o máximo de suavidade e ritmo.

Exercício C - o Sapo
Novamente em posição agachada com o quadril abaixo da linha dos joelhos, movimentar os braços a frente do corpo e deslocar o peso do corpo para as mãos, na sequência impulsionar os pés a frente das mãos voltando a posição agachada. Para o movimento de ida os braços devem fazer movimento de puxar, estando preferencialmente estendidos, para o movimento de volta - onde a resistência nos braços é maior - o movimento de empurrar dos braços é necessário para um deslocamento suave e ritmado.

Exercício D - o Caranquejo
Em quatro apoios com o ventre para cima, manter os braços estendidos e os dedos voltados para os pés, as mãos devem tocar totalmente o solo. Buscar manter o quadril estendido e o mais alto possível durante todo o movimento de ida e volta.


Alexandre C. Alves é Esp. em Fisiologia do Exercício e em Treinamento Desportivo pela UNIFESP

O artigo Movimentos de Locomoção - Nível 1 foi escrito e editado por Alexandre C. Alves na data de 7 de set de 2012. Esperamos que este artigo possa ser útil.

Sessões deste Artigo: , ,