Dextroanfetamina e meditação do yoga: qual o efeito no controle muscular para o desempenho de equilíbrio?

Anfetaminas são substâncias simpatomiméticas que tem a estrutura química básica da beta-fenetilamina. Sob esta designação, existem três categorias de drogas sintéticas que diferem entre si do ponto de vista químico. As anfetaminas, propriamente ditas, são a dextroanfetamina e a metanfetamina. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Anfetamina)
Um estudo comparou os efeitos da dextroanfetamina e a meditação do yoga em três grupo diferentes quanto à se equilíbrar em uma prancha de equilíbrio durante 5 minutos.
Dos três grupos, um foi de pessoas que meditavam (grupo A), outro grupo era dado oralmente 5 e 10mg de dextroanfetamina em capsula (grupo B), uma hora antes do teste. O grupo C era o grupo placebo, o qual era dado uma capsula de lactose no lugar da droga.
O estudo durou 10 dias de testes. O teste de equilíbrio foi calculado com os erros durante os 5 minutos de equilíbrio na prancha.
O grupo B piorou 40.6% quando comparado ao grupo placebo (C). O grupo dos que meditavam (A) melhorou 27.8%.

Os resultados mostram (assim como estudos anteriores) que a anfetamina não ajuda e ainda prejudica a performance. Ao contrário, a meditação do yoga melhora a concentração mental assim como tarefas físicas.

Referência
Dhume RR, Dhume RA. A comparative study of the driving effect of dextroamphetamine and yogic meditation on muscle control for the performance of balance on balance board. Indian Journal of Physiology and Pharmacology [1991, 35(3):191-4] (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1791060)




Alexandre C. Alves é Esp. em Fisiologia do Exercício e em Treinamento Desportivo pela UNIFESP

O artigo Dextroanfetamina e meditação do yoga: qual o efeito no controle muscular para o desempenho de equilíbrio? foi escrito e editado por Alexandre C. Alves na data de 9 de jun de 2012. Esperamos que este artigo possa ser útil.

Sessões deste Artigo: