Aprendizagem e Técnica: Snatch/ Arranco

Olá galera!
Tudo bem?

A técnica é um fator importante em qualquer exercício, esporte ou trabalho. Uma boa técnica nos proporcionará recursos para que façamos o que quer que fomos fazer com muito mais eficiência e menos gasto energético.
O Levantamento de Peso Olímpico é um esporte muito técnico, o qual permite o atleta a levantar pesos acima da cabeça de 2 a quase 3 vezes o peso do próprio corpo do atleta. Essa proeza é feita graças à eficiênte técnica aplicada - assim como também a enorme força e potência exercida pelo indivíduo.
Os Levantamentos Clássicos do Levantamento Olímpico são o Snatch (em português: Arranco) e o Clean & Jerk (em português: Arremesso). Estes dois movimentos possuem suas técnica distintas porém semelhantes, cada qual com seus detalhes particulares. Neste artigo irei me prender somente ao Snatch.
Técnica do Snatch¹ 
Sequência da Puxada Básica


Início: antes da iniciação do levantamento da barra

  1. pés - grudado no chão, afastados na largura dos ombros e levemente virados para fora.
  2. a barra esta diretamente em cima da metade do pé.
  3. braços estão retos preparados para puxar.
  4. as costas está travada reta ou aqueada pronta para puxar.
  5. a cabeça está em posição neutra ou levemente levantada.
Quando o Peso Sai do Chão (imagem número 1)

  1. os pés estão totalmente grudados no chão - é importante que os pés se mantenham grudados no chão o máximo de tempo possível - isto facilita a transmissão de força.
  2. quadril está mais alto que o joelho.
  3. joelhos estão acima e na frente da barra.
  4. ombros estão em cima e na frente da barra.
  5. braços estão retos - cotovelos rotados para fora e os punhos tentando flexionar - se os cotovelos estão voltados para fora, por rotação interna, durante a puxada fica mais difícil para flexionar os cotovelos - assim a barra se mantém mais perto do corpo. Flexionando os punhos ou tentando flexionar os punhos durante a puxada também deixa e mantém a barra mais perto do corpo e torna mais difícil uma rotação externa de ombros.
  6. a cabeça está em posição neutra ou levemente erguida.
Barra nos Joelhos (imagem número 2)

  1. os pés estão retos.
  2. os quadrís estão mais alto que os joelhos - neste ponto já existem uma pequena extensão do quadril - o movimento de subida da barra é consideravelmente feito pela extensão dos joelhos.
  3. os joelhos estão atrás da barra.
  4. os ombros estão em cima da barra. Uma linha descendo da frente dos ombros irá passar em frente da barra.
  5. os braços estão retos, cotovelos estão virados para fora e punhos flexionados.
  6. cabeça se mantém neutra ou levemente elevada.
Barra no Meio da Coxa (imagem número 3)
Uma transição da barra nos joelhos até a posição do meio da coxa é resultado de um movimento chamado dupla flexão dos joelhos. A primeira flexão dos joelhos ocorre no início do levantamento. A dupla flexão dos joelhos é resultado do movimento "para trás-para frente" durante a transição da barra, a qual contribue para uma fixação ou mais tipicamente um movimento para frente dos joelhos. Existe uma diminuição ou platô na velocidade da barra durante essa transição assim os joelhos são re-dobrados e o corpo é re-alinhado para uma ótima produção de força vertical.

  1. os pés ainda estão grudados no chão.
  2. os quadrís agora estão atrás da barra mas agora estão acima dos joelhos (resultado da dupla flexão dos joelhos). O tronco está levemente na vertical.
  3. os joelhos estão em frente da barra.
  4. os ombros se moveram diretamente em cima ou atrás da barra.
  5. os braços estão retos, cotovelos para fora e punhos flexionados.
Segunda Puxada (imagem número 4)
Durante a segunda puxada, pico de força, desenvolvimento de taxa de força, potência e velocidade da barra são os valores mais altos. A duração da segunda puxada está negativamente correlacionada com a eficiência e sucesso de um levantamento, mas, explosão é a consideração primária.
Durante a segunda puxada:

  1. os quadrís se movem para extensão.
  2. os ombros se movem para cima - se encolhendo.
  3. o atleta se move seu peso para a frente do pé por causa da flexão plantar. O grau para o qual a flexão plantar ocorre é uma extensão da função do atleta. Existe muita controvérsia entre os técnicos para o benefício da flexão plantar - porém existem evidências de que a flexão plantar pode adicionar uma velocidade final para a barra. Muitos levantadores fazem flexão plantar e talvez esta técnica seria mais vantajosa para outros esportes pois é similar a flexão plantar feita para saltos, etc.
  4. braços ainda estão retos, cotovelos estão para fora e punhos tentando se manterem flexionados.
  5. cabeça está neutra ou levemente elevada.
A partir da segunda puxada o atleta irá terminar o movimento (até a segunda puxada, o movimento é praticamente o mesmo para o Snatch e Clean & Jerk, com excessão da pegada, que no Snatch é mais aberta e no Clean & Jerk é mais fechada). No caso do Snatch, o atleta se deslizará para debaixo da barra, fazendo um agachamento profundo, ou agachamento parcial (no caso de power snatch). Ao final do movimento os braços estarão retos e o atleta em posição de agachamento (profundo ou parcial).

Este artigo é apenas um simples esboço do quão técnico é o Snatch (assim como o Clean & Jerk são também). Para mais informações consultem as referências.

Abaixo segue minha aluna Elaine Bertani em processo de aprendizado do Snatch/ Arranco:



Ainda serão muitas e muitas repetições...
Como diz o ditado popular "a prática leva à perfeição"...
Então PRATIQUEMOS!
Espero que tenham gostado!
Sejam técnicos meus amigos!


Abraços,
Até a próxima!
Ale

Referências
¹ Mike Stone. Introdution - Snatch Versus The Clean. Strength & Conditioning - 6th June 2008, http://coachesinfo.com/index.php?option=com_content&id=223&Itemid=140#2
² Edmilson Dantas; João Coutinho. Força e Potência no Esporte - Levantamento Olímpico. Ícone Editora, 2010.
³ Greg Everett. Olympic Weghtlifting - a complete guide for athletes & coaches. Catalyst Athletics, 2009.

Alexandre C. Alves é Esp. em Fisiologia do Exercício e em Treinamento Desportivo pela UNIFESP

O artigo Aprendizagem e Técnica: Snatch/ Arranco foi escrito e editado por Alexandre C. Alves na data de 15 de mai de 2012. Esperamos que este artigo possa ser útil.

Sessões deste Artigo: , ,